30.01.2014

A Vida do Bebê – Primeiro Mês

Bebês, Cuidados Diários

O que esperar de cada fase do seu bebê? Como estimular o desenvolvimento do recém-nascido?

O pediatra Rinaldo Victor de Lamare é autor do livro A vida do bebê, que já vendeu mais de cinco milhões de exemplares desde sua primeira edição em 1941. O livro é um item sagrado para mamães de primeira viagem! Por isso, vamos usá-lo como base e inspiração para uma série de posts aqui no blog sobre o comportamento dos bebês nos primeiros meses.

Esperamos que gostem e seja útil! Para quem quer ter o “manual” completo em casa, o investimento vale cada centavo e pode ser passado de geração em geração (o que temos é o de 1984 que já foi usado por toda família).

Rinaldo Delamare a vida do bebê

PRIMEIRO MÊS DO BEBÊ

Evolução motora: É atraído por objetos brilhantes. Tem maior interesse por fisionomia humana do que por objetos.

Comportamento emocional: Protesta, chora, devido à dor, fome ou desconforto. Costuma fixar seus olhos na mãe em resposta ao sorriso. Já reconhece cheiro da mãe. No primeiro mês de idade já é possível verificar sinais de inteligência nos bebês. E alguns sinais indicam isso, veja como testá-los:

  • Agarrar o que alcança: Ao colocar o dedo indicador na palma da mão aberta do bebê, ele rapidamente fecha a mão agarrando o dedo.
  • Tranquilidade com ruídos leves: O bebê choroso se acalma ao ouvir som suave constante e já pode reconhecer as vozes do pai e da mãe.
  • Fitar momentaneamente a luz fraca: Ao colocar o bebê em um quarto escuro com luz de pouca intensidade a cerca de 1 metro de distância de seus olhos ele olhará a mesma por alguns segundos.

 

Observações:

Cor dos olhos e cabelos -> a cor castanha dos olhos do bebê deverá ficar por toda a vida, mas se forem azulados isso poderá mudar mais tarde, provavelmente no segundo semestre. Assim como os cabelos, se forem pretos ao nascer poderão ficar louros no 3° ou 4° mês.

Lanugem ->  é o nome médico para o excesso de pelos comum no recém-nascido. Desaparecem definitivamente ao redor do 4° mês.

Choro insistente -> está relacionado a sensação de dor (fome, cólica, dor de ouvido, dor de cabeça, mal estar devido à febre).  Não costuma ser sede pois esta causa mais inquietude e agitação do que choro.

Última e não menos importante obs -> desde o primeiro mês o bebê adora que a mãe converse com ele. Coloque em prática!!!

Lembre-se que cada bebê é único e tem o seu próprio ritmo de desenvolvimento. Se você sentir alguma insegurança quanto à evolução do seu filho, consulte o pediatra.

Bebe recem nascido

 

Comentários no Facebook
2 Comentários
  1. Mei 30/01/2014 | 12:52

    Também tenho este livro. Ele é bem completo, mas devo dizer que precisa de algumas atualizações. De qualquer forma vale o investimento!

    Responder
Deixe um comentário