02.12.2013

As Primeiras Papinhas do Bebê

Bebês, Cuidados Diários, Saúde

O momento de migrar do leite para a alimentação complementar costuma gerar muitas dúvidas entre as mamães. Recebemos alguns e-mails pedindo para falarmos mais sobre o assunto e para isso conversamos com a nutricionista Paula Costa Leite.

Confira as dicas sobre como lidar com essa fase tão importante!

iStock_000005523258XSmall

As Primeiras Papinhas do Bebê – por Paula Costa Leite

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aleitamento materno deve ser exclusivo nos 6 primeiros meses de vida do seu bebê. Depois dos 6 meses devem ser introduzidos, gradativamente, alimentos complementares, seguros e nutricionalmente adequados. Tudo isso associado ao aleitamento materno que ainda deve ser mantido até os 2 anos de vida. Lembre-se que o leite materno é insubstituível!

Um bom começo é com frutas nos intervalos das mamadas, principalmente na forma de sucos. Os sucos serão os primeiros a serem introduzidos e deverão ser coados, ok?! Passada a fase do reflexo de expulsão, as papinhas de frutas e as hortaliças já podem entrar na alimentação do seu bebê. Elas podem ser preparadas utilizando peneira grossa ou garfo. A partir daí é introduzido o almoço e por volta de 7-8 meses se introduz o jantar. De forma gradativa pode-se aumentar a consistência, picando ou desfiando os alimentos, até chegar à alimentação da família. Os alimentos sempre devem ser oferecidos com colher.

Desta forma, aos 7-8 meses a alimentação do seu bebê já será composta de colação e/ou lanche e almoço e/ou jantar, associado ao leite materno ou fórmulas infantis.

Como ter mais sucesso na introdução de alimentos?

  • Introduza um alimento por dia, variando os grupos, assim ao final de uma semana seu bebê já terá experimentado um alimento de cada grupo. Os grupos são frutas; legumes e verduras; cereais; leguminosas e carnes.
  • Ofereça alimentos após as mamadas para que a criança fique bem alimentada. Para aqueles que continuarem recusando o alimento, pode ser oferecido antes. Esse processo deve ser feito de forma gradativa até que substitua a mamada correspondente do horário.
  • Fique atento porque a quantidade de alimentos varia de acordo com a capacidade gástrica do bebê, que pode não aceitar a mesma quantidade em todas as refeições e nem em todos os dias.
  • É importante não adicionar açúcar, temperos industrializados e nem muito sal. Dê preferência aos ingredientes frescos e aos temperos naturais (manjericão, alecrim, orégano, alho, cebola).
  • Atenção: O mel não deve ser utilizado antes de 1 ano de idade.
  • Não ofereça alimentos com calorias vazias. Ex: doces, frituras, refrigerante, balas, etc…
  • Modifique a forma de apresentação dos alimentos para evitar a monotonia e evite misturar os alimentos.
  • Clara de ovo e oleaginosas (castanhas) só devem ser introduzidos após o primeiro ano devido ao risco de alergias.

 

Sugestões de papinhas:

1)      Frango, mandioquinha, salsa, beterraba, chuchu e espinafre

2)      Inhame, musculo, escarola, chuchu e abóbora, tomilho

3)      Carne, abóbora, batata e couve, cebola refogada

4)      Carne, batata, cenoura e alface e alho poró

5)      Frango, lentilha, batata doce, beterraba, abobrinha e bertalha, alecrim

6)      Macarrão de letrinhas, carne, cenoura, molho de tomate caseiro e manjericão

Na hora de servir a papinha, acrescentar 1 colher de sobremesa de azeite extra virgem.

 

Dra. Paula Costa Leite
Nutricionista Clínica Funcional
Tel: 2220—7323 (consultório)

Comentários no Facebook
3 Comentários
  1. priscila sanches rocha 19/12/2013 | 12:07

    Fernanda as dicas sao fantasticas, estou gravida do primeiro bebe.

    Responder
  2. […] falamos aqui sobre a introdução de alimentos no post As Primeiras Papinhas do Bebê. Após as primeiras introduções, a substituição do leite nos intervalos entre as principais […]

    Responder
  3. fernanda ferreira 03/06/2016 | 13:19

    Fernanda estou gravida de 4 meses e queria que vc falasse como foi sua alimentaçao na sua primeira gravidez?

    Responder
Deixe um comentário