18.01.2014

As Uvas!

Bebês, Cuidados Diários, Saúde

iStock_000017521029Small

O encanto começa literalmente no cacho! É amor à primeira vista por essa fruta com jeito de brincadeira. Qual bebê ou criança não se encanta por tirar aquelas bolinhas uma a uma e dar na boca do pai ou da mãe? Como um teste, percebem que os pais adoraram e logo depois colocam então a primeira uva na boquinha. Pronto, a relação entre os dois começou: fruta pequena, com colorido forte, de textura lisa e polpa docinha, conquista mesmo os pequenos!

Mas o que ela guarda de mais precioso ali dentro? Muita energia e potássio, um mineral fundamental para o funcionamento dos músculos, que somado a toda essa reserva de carboidrato vira um verdadeiro combustível para quem está em fase de desenvolvimento. Essa então seria uma ótima opção para o lanche das férias ou da escola. Sucesso garantido! Lembrando sempre que para os menores o ideal é optar pelos tipos de uva sem semente, para evitar sustos desnecessários. Outro ponto que vale chamar atenção, é que a época certa de cada fruta deve ser respeitada sempre que possível, assim você terá frutas mais frescas e mais doces na sua mesa.

A composição das uvas varia de acordo com o tipo, cor e solo. Os principais nutrientes presentes em todas elas são a água, carboidrato, as vitaminas A e C e o potássio. Mas nas cascas das uvas mais escuras estão os flavonóides, que exercem atividade antioxidante sobre o nosso organismo, protegendo e prevenindo contra diversas doenças e retardando o envelhecimento celular. Quanto mais escura for a uva, maior o teor de antioxidantes!

Vejam duas ideias legais para o uso da uva na hora do lanche:

1) Espeto gelado de uva: Bem simples e bem refrescante! Basta pegar um espeto e preencher com uvas verdes e roxas (se preferir, pode deixar as uvas diretamente em um prato). Deixar no congelador de um dia para o outro e retirar na hora de comer. Nesse calor esses “gelinhos de uva” vão ajudar a refrescar as crianças e as futuras mães.

2) Iogurte com uvas: – 1 copo de iogurte natural (se quiser variar, os de cabra e ovelha são ótimas pedidas e bem mais leves)  – 1 cacho de uva – 1 colher de sobremesa de óleo de coco Bata ou misture bem o iogurte e o óleo de coco (ele irá diminuir a acidez do iogurte). Corte as uvas ao meio, mergulhe-as no creme batido e sirva!

 

Nara Corona é nutricionista pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pela Unicsul /VP Consultoria Nutricional – Divisão de Ensino e Pesquisa São Paulo, é sócia da Consultoria Nutricional Nara&Duda Alimentação Inteligente, administra a fanpage Nara&Duda, atende em seu consultório no Leblon e na Barra da Tijuca, no RJ.
Contatos: naracorona@globo.com naraedudanut@gmail.com Tel: (21) 98836-1994 / 2492-3360 fb: Nara&Duda

 

Comentários no Facebook
1 Comentário
  1. Cris 20/01/2014 | 21:34

    Filhota aqui é viciada em uva, banana, maçã e agua. Não é de comer feijão e arroz, mas come bem carnes.

    Responder
Deixe um comentário