05.05.2014

Playmobil Gigante em Londres

Brincadeiras e Passeios, Diversão, Mamães & Papais, Viagens

Cowboys, princesas, construtores e cavaleiros invadiram o canal de Camden Lock, em Londres!!

Para comemorar os 40 anos do brinquedo Playmobil está rolando em Londres uma exposição com os bonecos mais clássicos em tamanho grande. São 40 bonecos com mais de 1 metro de altura colocados perto do Pirate’s Castle.

Sucesso nos anos 70 e 80, o Playmobil estimula a criatividade e a imaginação das crianças. Nostalgia pura, né?!

foto_playmobil

foto playmobil

Playmobil-40th-Anniversary

Algumas curiosidades do Playmobil:

– O brinquedo foi lançado em 1974 pela empresa alemã Geobra Brandstatte. O funcionário Hans Beck, também conhecido como o pai do Playmobil, vinha desde 1971 desenvolvendo pesquisas com foco na ideia de produzir bonecos de 7,5 cm;

– O local escolhido para a fábrica do brinquedo foi a ilha de Malta, lançada em 1976.  É possível visitar a fábrica e as crianças podem brincar no FunPark, com playground e bonecos gigantes;

– Já foram produzidos 2,7 bilhões de bonecos nesses 40 anos;

– Os bonecos já foram fabricados de 3.995 formas diferentes;

– A empresa tem 3.701 funcionários;

Outra dica bacana para quem viaja com crianças é que o Playmobil tem alguns FunParks pelo mundo em:

fun_park_greciaAtenas/Grécia

 

funpark_malta

Malta

funpark_palmbeach

Palm Beach Gardens/USA

funpark_parisParis

FUNPARK_ALEMANHA

Zirndorf/Alemanha

01.02.2014

Viajar com Filhos

Mamães & Papais, Viagens, Vida de Mãe

ny_viagem_fernanda rodrigues

Eu amo viajar! Acho que esse é o melhor investimento que você pode fazer em você. Conhecer lugares novos, pessoas novas, culturas e arquiteturas diferentes…

Quando a Luisa nasceu decidi que não deixaria de viajar por causa dela, mas fazer sem ela também já não tinha mais tanta graça né…Então resolvi que ela ia viajar com a mamãe!!

E nós viajamos desde que ela tinha 7 meses!! Já fomos pra muuuitos lugares juntas. Às vezes vai mais gente, o papai, a vovó, a tia, a madrinha, o padrinho…mas na maioria das vezes vamos só nós duas mesmo!

A nossa parceria de viagem está se tornando cada vez melhor! Por isso, pensei em algumas dicas práticas que dão muito certo comigo e que podem ajudar vocês também. O importante é que aproveitem cada momento da viagem e que seja divertida pra você e pro seu filho! Vem duas dicas boas:

Preparo da comida

Eu não esquentava muito a comida em casa, sempre deixei a papinha, sopa ou até mesmo a comida em temperatura ambiente. Assim, a Luisa não se acostumou a comer a comida quentona e eu podia levar em um recipiente pra qualquer lugar que ela comia tranquila, sem precisar achar um lugar pra esquentar. Isso funciona com a mamadeira também!

Aí você pode pensar: “Ah, mas é tão gostoso a comida, o leitinho quente…” Pode ser, mas ela não conhecendo vai gostar do mesmo jeito e vai facilitar muuuuito as coisas. Principalmente pra viajar! ;-)

Ambiente para dormir

A minha filha raramente dormia no silêncio absoluto e no “breu” total em casa. Tá, você precisa de um ambiente calmo para o bebê, certo?! Com certeza! Mas também não precisa ser um silêncio e escuridão absoluta. Se agir assim, qualquer barulhinho seu bebê não vai estar acostumado e vai acordar.

Eu tentei acostumar minha filha a dormir com um barulho normal, da vida, até porque dentro da barriga fazia muito barulho também! rsrs E na soneca do dia, deixava o quarto com a cortina meia aberta, com a luz do sol…Como lá em casa ninguém nunca falou sussurrando rsrs ela se acostumou a dormir com os barulhos, luzes e, principalmente, a dormir em qualquer lugar!!! Um alivio enorme pra uma mãe! :-)

Conclusão:

O que eu sempre digo é que o bebê é um HD zerado, você que vai alimentando ele de informações, quanto mais práticas elas forem melhor pra ele e pra você! Quanto mais “frescuras” você tiver, mais fresco seu bebê vai ser e viajar não vai ser nada fácil!

Claro, cada bebê é um bebê, cada mãe é uma mãe, mas essas dicas funcionaram tanto pra mim, vai que funciona pra vocês também…

Alguém tem mais alguma dica? Vamos fazer dos nossos filhos nossos parceiros de viagens! :-)

miami_viagem_fernanda rodrigues

 

Fernanda Rodrigues
21.01.2014

Passeio em Inhotim com as crianças

Mamães & Papais, Viagens

Que tal fazer um passeio em Inhotim com os filhos? Inhotim é um dos maiores centros de arte contemporânea do mundo! E, o melhor, é no Brasil! Esse é um super passeio que achamos que vale a pena ir com os filhos e toda a família.

foto 1

Pra quem nunca ouviu falar, Inhotim fica na cidade de Brumadinho, Minas Gerais, a cerca de 60 quilômetros de Belo Horizonte. É uma mistura de museu interativo com um enorme jardim botânico. São mais de 500 obras de artistas brasileiros e estrangeiros espalhadas pelo local.

Partindo de Belo Horizonte, a viagem leva um pouco mais de uma hora de carro. Muitas pessoas preferem se hospedar em pousadas de Brumadinho, mas como lá não tem muita estrutura essa opção tem que ser bem avaliada se você estiver com crianças pequenas. Já para quem quiser fazer o passeio de Inhotim em 2 dias (o lugar é tão grande que existe um passaporte com desconto para dois dias) essa pode ser a melhor escolha.

foto 2

Veja 10 dicas de Inhotim:

1) Para aproveitar bem, chegue logo na abertura do parque. Inhotim fecha cedo.

2) Achamos um dia de visita perfeito para as crianças. Mais do que isso pode ficar muito cansativo. O parque é enorme e cheio de trechos com subidas. Lembrando que não é possível ver todas as obras em um dia – talvez nem em dois! Portanto já vá embora programando a data da sua volta! rs

3) Na entrada você pode comprar um ingresso um pouco mais caro que dá direito a andar em carrinhos elétricos (tipo de golf) em algumas partes do parque. O carrinho é essencial para as crianças e até mesmo para os adultos – claro! rsrs. Há muitos trechos com subidas e outros que o carrinho não te leva. Conclusão: Anda-se muito! Mesmo para quem paga a mais para ter direito ao carrinho.

4) É possível comprar ingressos com antecedência no site com taxa adicional.

5) Crianças até 5 anos não pagam. Crianças de 6 a 12 anos pagam meia-entrada.

6) Vá com roupas e sapatos suuuper confortáveis. Também não podem ficar de fora protetor solar, boné, uma muda de roupa e água.

7) Um mapa é entregue logo na entrada de Inhotim. O ideal é que você já chegue no parque com os nomes das obras que gostaria de visitar anotados. No mapa não há indicações detalhadas sobre as obras. Sentimos um pouco de dificuldade nessa sinalização, para saber quais obras são mais indicadas para crianças, mas há funcionários que podem orientar.

8) Há algumas opções de lanchonetes e dois restaurantes principais dentro do parque.

9) Não é permitido fotografar dentro das galerias, somente nas áreas abertas.

10) Entre uma visita e outra descanse nos bancos enormes de madeira feitos de troncos  – maravilhosos! – espalhados por todos os cantos.

Obras de Inhotim que mais indicamos para as crianças:

  • “O Som da Terra” do artista americano Doug Aitken
  • “Galeria Cosmococa”, Hélio Oiticica
  • “By Means of a Sudden Intuitive Realization” por Olafur Eliasson
  • “Desvio para o Vermelho” por Cilo Meireles
  • “Troca Troca” por Jarbas Lopes
  • “A Origem da Obra de Arte” por Marilá Dardot
  • “Forty Part Motet“, de Janet Cardiff
  • “Penetrável Magic-Square”, Hélio Oiticica
  • “Beam drop”, por Chris Burden
  • “Inmensa”, por Cildo Meireles

foto 5

inhotim12

foto 4

inhotim5

foto

inhotim

inhotim4

inhotim6

inhotim7

inhotim16

inhotim17

(Fotos: Arquivo pessoal)

Page 6 of 734567