21.01.2014

Passeio em Inhotim com as crianças

Mamães & Papais, Viagens

Que tal fazer um passeio em Inhotim com os filhos? Inhotim é um dos maiores centros de arte contemporânea do mundo! E, o melhor, é no Brasil! Esse é um super passeio que achamos que vale a pena ir com os filhos e toda a família.

foto 1

Pra quem nunca ouviu falar, Inhotim fica na cidade de Brumadinho, Minas Gerais, a cerca de 60 quilômetros de Belo Horizonte. É uma mistura de museu interativo com um enorme jardim botânico. São mais de 500 obras de artistas brasileiros e estrangeiros espalhadas pelo local.

Partindo de Belo Horizonte, a viagem leva um pouco mais de uma hora de carro. Muitas pessoas preferem se hospedar em pousadas de Brumadinho, mas como lá não tem muita estrutura essa opção tem que ser bem avaliada se você estiver com crianças pequenas. Já para quem quiser fazer o passeio de Inhotim em 2 dias (o lugar é tão grande que existe um passaporte com desconto para dois dias) essa pode ser a melhor escolha.

foto 2

Veja 10 dicas de Inhotim:

1) Para aproveitar bem, chegue logo na abertura do parque. Inhotim fecha cedo.

2) Achamos um dia de visita perfeito para as crianças. Mais do que isso pode ficar muito cansativo. O parque é enorme e cheio de trechos com subidas. Lembrando que não é possível ver todas as obras em um dia – talvez nem em dois! Portanto já vá embora programando a data da sua volta! rs

3) Na entrada você pode comprar um ingresso um pouco mais caro que dá direito a andar em carrinhos elétricos (tipo de golf) em algumas partes do parque. O carrinho é essencial para as crianças e até mesmo para os adultos – claro! rsrs. Há muitos trechos com subidas e outros que o carrinho não te leva. Conclusão: Anda-se muito! Mesmo para quem paga a mais para ter direito ao carrinho.

4) É possível comprar ingressos com antecedência no site com taxa adicional.

5) Crianças até 5 anos não pagam. Crianças de 6 a 12 anos pagam meia-entrada.

6) Vá com roupas e sapatos suuuper confortáveis. Também não podem ficar de fora protetor solar, boné, uma muda de roupa e água.

7) Um mapa é entregue logo na entrada de Inhotim. O ideal é que você já chegue no parque com os nomes das obras que gostaria de visitar anotados. No mapa não há indicações detalhadas sobre as obras. Sentimos um pouco de dificuldade nessa sinalização, para saber quais obras são mais indicadas para crianças, mas há funcionários que podem orientar.

8) Há algumas opções de lanchonetes e dois restaurantes principais dentro do parque.

9) Não é permitido fotografar dentro das galerias, somente nas áreas abertas.

10) Entre uma visita e outra descanse nos bancos enormes de madeira feitos de troncos  – maravilhosos! – espalhados por todos os cantos.

Obras de Inhotim que mais indicamos para as crianças:

  • “O Som da Terra” do artista americano Doug Aitken
  • “Galeria Cosmococa”, Hélio Oiticica
  • “By Means of a Sudden Intuitive Realization” por Olafur Eliasson
  • “Desvio para o Vermelho” por Cilo Meireles
  • “Troca Troca” por Jarbas Lopes
  • “A Origem da Obra de Arte” por Marilá Dardot
  • “Forty Part Motet“, de Janet Cardiff
  • “Penetrável Magic-Square”, Hélio Oiticica
  • “Beam drop”, por Chris Burden
  • “Inmensa”, por Cildo Meireles

foto 5

inhotim12

foto 4

inhotim5

foto

inhotim

inhotim4

inhotim6

inhotim7

inhotim16

inhotim17

(Fotos: Arquivo pessoal)

Comentários no Facebook
2 Comentários
  1. Maira 21/01/2014 | 16:15

    ai, meu Deus!! Para tudo! Que lindaaa a Luisa!!!

    Responder
  2. comprar curtidas 25/01/2014 | 02:30

    Muito bonito o passeio amei !

    Responder
Deixe um comentário