20.09.2016

Bebês aprendem a comer observando os adultos

Bebês, Saúde

Crying baby boy refusing to eat food from spoon with hands dirty

“Se você alimenta a sua criança com uma dieta perfeita, mas ela vê você, seus amigos e parentes comendo alimentos não saudáveis, ela está aprendendo sobre a comida pelas experiências sociais” disse Katherine Kinzler coautora da pesquisa publicada no periódico “Proceedings of the National Academy of Sciences“.

De acordo com esse estudo, novas evidências científicas mostram que bebês aprendem a comer observando o que os adultos estão comendo na mesa de jantar. Claro que há exceção, sabemos de muitos casos de mães que não comem bem com filhos super saudáveis e vice-versa, mas achamos o estudo super interessante.

Os pesquisadores também descobriram que bebês de um ano de idade conseguem traçar padrões de gosto alimentar e esperam que as pessoas devam gostar dos mesmos alimentos, a não ser que pertençam a grupos sociais ou culturais diferentes.

O estudo foi conduzido com mais de 200 bebês, que no laboratório assistiram a vídeos de pessoas expressando gostar ou não gostar de determinado alimento. Quando os bebês viam duas pessoas que falavam a mesma língua ou agiam como amigos, eles esperavam que elas gostassem das mesmas comidas. Quando as pessoas mostravam inimizade ou falavam línguas diferentes, eles esperavam que elas gostassem de comidas diferentes.

E ai? O que acharam? Qual exemplo de alimentação vocês dão para os filhos?

(Fonte: O Globo)

14.10.2015

Brincadeiras para fazer com bebês até um ano

Bebês, Brincadeiras e Passeios, Cuidados Diários, Diversão

Quais são as brincadeiras recomendadas para cada fase do bebê? Desde o primeiro dia em casa é super importante que você interaja com o seu filho.

Conversamos com a nossa parceira psicopedagoga, Heloisa Erlanger, e listamos várias ideias de brincadeiras para cada fase até 1 ano. Heloisa também destacou que, segundo a abordagem desenvolvida pela médica húngara Emmi Pikler, as crianças devem ter seu próprio ritmo de desenvolvimento com liberdade de movimentos, por isso devemos sempre permitir que elas experimentem atividades de iniciativa própria.

Vejam algumas dicas de brincadeiras para apresentar aos seus pequenos. E vocês? Qual são as brincadeiras favoritas dos pequenos?

Full length of baby boy playing with building blocks isolated on

0 ATÉ 3 MESES

  • Músicas calmas para cantarolar para o bebê
  • Converse muito em tom suave com seu bebê
  • Móbiles com movimento e cores

 

3 A 6 MESES (os anteriores + esses)

  • Lencinhos de algodão que os bebês possam pegar, abanar e manipular;
  • Objetos que o bebê possa apertar, segurar, colocar na boca, bater e derrubar;
  • Brincadeiras de esconder o rosto, caretas e risadas
  • Rastejar em tapetes com texturas
  • Cubos educativos com som
  • Bolas
  • Bonecas e carrinhos
  • Contar histórias com livros de plástico e de pano
  • Músicas para cantarolar, dançar e bater palminhas com eles

 

6 A 9 MESES (os anteriores + esses)

  • Rastejar em tapetes com texturas e almofadas
  • Brincadeiras com panos
  • Faça circuitos para o bebê seguir
  • Brincadeiras com a fisionomia, caretas e sorrisos
  • Tambores/ chocalhos
  • Jogos de encaixe
  • Exploração do ambiente
  • Brincadeiras com espelho para reconhecimento do corpo

 

9 A 12 MESES  (os anteriores + esses)

  • Brincadeiras com água
  • Desafio corporal
  • Túnel
  • Exploração de objetos e brinquedos
  • Histórias e Fantoches
  • Tinta
  • Potinhos e tampas para abrir e fechar
  • Caixas de papelão

 

Heloisa Erlanger é psicopedagoga e sócia diretora da Bom tempo Creche-Escola. Atuou como coordenadora psicopedagógica da Creche Criativa por 32 anos. Contato:  www.crechebomtempo.com.br – (21) 2239-2449 / contato@crechebomtempo.com.br

31.03.2015

Como estimular seu bebê menor de 2 anos?

Bebês, Cuidados Diários

Funny Child Playing  With Musical Toys. Isolated On White Backgr

As conversas e interações com nossos bebês trazem uma série de benefícios para o desenvolvimento deles. Mas, como nem sempre podemos ficar em tempo integral com eles – e para evitar recorrer à TV nesses momentos – listamos algumas atividades que, de acordo com a Academia Americana de Pediatria,  estimulam a criatividade e imaginação dos pequenos. Confiram:

ATIVIDADES SENSORIAIS

– Ofereça a ele móbiles e brinquedos de cores fortes para bebês pequenos ou com contraste de cores para seguirem com olhos.

– Para bebês maiores, deixe-o brincar com brinquedos de música.

– Dê para seu bebê brinquedos com texturas diferentes.

– Ofereça brinquedos que sejam próprios para ele levar à boca (que não tenham peças pequenas).

COGNITIVO/LINGUAGEM

– Brinquedos com “causa e efeito“” ajudam o bebê a entender que a partir de determinada ação dele, o brinquedo irá acender, se mover ou emitir algum barulho.

– Dê preferência a deixar com eles livros que não rasgam e possam ser colocados na boca sem soltar pedaços.

– Ofereça brinquedos que ele precise preencher.

SOCIAL

– Brincadeiras em frente a um espelho ou com espelho pequeno de plástico.

– Brinquedos que imitam a realidade como: frutas, chá, bonecas, carrinho de boneca.

– Deixe o bebê participar em atividades do cotidiano, enquanto está na cozinha, dê para ele objetos seguros para que se sinta participando e ajudando.

FÍSICO

– Para bebês pequenos os tapetinhos de atividades são importantes.

– Para bebês maiores: bola para rolar, chutar ou arremessar…

 

Fonte: Academia Americana de Pediatria