12.02.2016

Grávida: Dicas para cuidar da beleza durante a gravidez

Looks e Beleza, To Grávida

Na gravidez, o nosso corpo passa por um turbilhão de mudanças: o seio incha, a barriga cresce, o cabelo e a pele ficam diferentes.

Nessa fase, muitas mulheres se descuidam por acharem que nenhum produto é permitido ou por medo de prejudicarem à saúde dо bebê. Realmente existem muuuitos tratamentos estéticos contra-indicados para grávidas e precisamos ficar atentas, mas também há muitas opções disponíveis e permitidas por aí.

Para pegar algumas dicas de cuidados com a pele e o cabelo na gravidez, conversamos com a nossa querida parceira dermatologista Dra. Thatiana Blumenberg. Confiram!

Pregnant Happy smiling Woman sitting on a sofa and caressing her

Muitas mulheres pensam que durante a gravidez é preciso abandonar todos os tratamentos estéticos. Muita calma, gravidinhas! Nessa hora temos que cuidar – e muito – para que tudo continue lindo. Inclusive a gente! A gravidez é o período mais bonito da mulher! Vejam abaixo os principais cuidados com a pele e cabelo.

Cuidados com a pele:

Para prevenir o melasma, aquela mancha escura que piora com o sol e o estímulo hormonal (lembre-se que na gravidez somos bombas de hormônios), a mulher não pode esquecer de usar um bom filtro solar pela manhã, se possível com de base FPS mínimo 30 e reaplicar, pelo menos, na hora do almoço.

Cremes com antioxidantes tipo vitamina C e E são liberados e indicados na gestação. Cremes com ácido hialurônico e outros ácidos que não o Retinóico também são liberados. Para a acne, géis a base de ácido azelaico também têm indicação. No corpo, a futura mamãe deve usar hidratantes que tenham óleos essenciais como de semente de uva, macadâmia, óleo de oliva, argan ou óleo de amêndoas na barriga, seios, flancos, coxas e glúteos são ótimos para aplicar antes de entrar no banho e um bom creme hidratante após sair.

Os cremes específicos para estrias (indico o Velastisa Isdin) devem ser usados no abdômen com a pele ainda úmida. Mas não esqueça que a genética e o ganho de peso são fatores determinantes para que elas apareçam!

Uma dieta balanceada, beber muito líquido, controlar o peso e fazer de 1 a 2 vezes na semana uma drenagem linfática costuma ser uma boa arma contra a celulite. Nessa fase, por causa da retenção de líquidos, a celulite tende a piorar. Mas lembrem-se que cremes a base de cafeína não devem ser usados na drenagem.

E as madeixas?

Durante a gestação, o aumento de estrogênio faz com que a fase de crescimento dos fios se prolongue, por isso, a maioria das grávidas fica com cabelo volumoso e bonito. Em compensação, os pelos do corpo crescem mais rápido, por isso a depilação costuma ser mais frequente.

Produtos à base de formol e guanidina (usados em alisamentos químicos) devem ser esquecidos. Estão proibidos. Aproveite para caprichar na hidratação com boas máscaras a base de óleos e bons shampoos…você vai ver que depois que o bebê nasce, cabelo solto só é usado em grandes eventos! ;-)

Se cuide! E sinta-se deslumbrante, pois é assim que uma pessoa que gera uma vida no seu ventre deve se sentir!

Consulte sempre o seu médico e a opinião dele sobre os cuidados com a pele e cabelo durante a gravidez.

Dra. Thatiana H. Blumenberg
Consultórios: Ipanema (tel.:3322-1038) /Laranjeiras (tel.: 2125-6920) / Barra (tel.: 3385-4597) thbdermatologia@gmail.com / Instagram: @THBdermatologia

17.11.2014

Banho de sol para bebês

Bebês, Cuidados Diários, Saúde

Hoje a coluna da nossa parceira dermatologista, Thatiana Blumenberg, é sobre o banho de sol para bebês, fundamental para o desenvolvimento dos nossos pequenos, mas que exige uma série de cuidados.

Apenas alguns minutinhos por dia – com os devidos cuidados, claro! – já ajudam a ativar a vitamina D e aumentar o depósito de cálcio nos ossos dos bebês. Confiram todas as informações e curtam um banho de sol delicioso com os pequenos!

banho de sol

Olha o banho de sol… – por Thatiana H. Blumenberg

Quando o bebê nasce e é amamentado ele recebe vitamina D pelo leite da mãe. E é através da exposição solar que essa vitamina pode ser ativada e assim aumentar o depósito de cálcio nos ossos, fundamental para o desenvolvimento dos babys.

O banho de sol oferece muitos benefícios para os pequenos, mas é preciso ter cautela. Já nos primeiros dias de vida, os pediatras, em geral, liberam que o bebê tome um pouquinho de banho de sol (consulte o seu pediatra). Bastam 5-15 minutos diários, antes das 10h ou depois das 16h, e nada de filtro solar antes dos 6 meses (isso mesmo! Já me explico!).

O bebê pode tomar sol com roupas leves e evitando a exposição na cabeça e no rosto. Até em dias mais frios é importante dar banho de sol nas mãozinhas e pezinhos. Antes dos 6 meses não é indicado o uso de filtro solar, pois até mesmo os de criança podem causar alguma alergia ou sensibilização na pele frágil do bebê. Nessa fase a proteção solar indicada é através de roupas e chapéus…algumas lojas vendem tecidos especiais com proteção UVB.

Atenção: A exposição exagerada predispõe a problemas como desidratação e brotoejas. Nunca prolongue demais a exposição direta do bebê ao sol.

Após os seis meses, os melhores protetores são os específicos para crianças, como:

  • Anthelios Pediatrics FPS60,
  • Mustela Mineral FPS 70
  • Epsol Infantil FPS 50
  • Eucerin Kids FPS 60.

Bom, use mas não abuse do sol!

Dra. Thatiana H. Blumenberg
Consultórios: Ipanema (tel.:3322-1038) /Laranjeiras (tel.: 2125-6920) / Barra (tel.: 3385-4597) thbdermatologia@gmail.com  / Instagram: @THBdermatologia

06.03.2014

Como proteger as crianças dos mosquitos

Bebês, Cuidados Diários

Que peninha que dá quando nossos pequenos são picados por mosquitos né… Nessa época do ano, com dias tão quentes, as crianças acabam ficando mais expostas com roupas sem manga, shorts, vestidos e viram um prato cheio para os mosquitos.

É preciso proteger bem as pernas, os braços e até mesmo o rostinho delas, pois a pele das crianças e dos bebês é muito sensível. E para quem têm alergia o cuidado precisa ser ainda maior! A nossa parceira e dermatologista Dra. Thatiana Blumenberg conversou com a gente e deu algumas dicas para manter os mosquitos longe dos nossos filhos! Xô mosquito!!

 

mosquito

 

Ah, vai picar outro!! – por Thatiana Blumenberg

Pernilongos, pulgas, borrachudos e formigas estão em toda parte.  Quando eles atingem nossos pequenos ficamos chateadas. Muitas vezes as crianças têm uma reação alérgica chamada estrófulo (principalmente até 3 anos de idade) e podem ter lesão em partes onde nenhum mosquito chegou. Isso é uma reação alérgica e não um festival de picadas.

Compressas geladas aliviam, mas, em alguns casos, só usando mesmo medicação (cremes pomadas ou orais) para resolver a situação!

Como prevenir é melhor que remediar…Usem e abusem dos repelentes! Vejam algumas dicas:

    • Até os 6 meses use apenas repelentes de tomada, mosquiteiros e telas.
    • A partir dos 6 meses podemos usar os repelentes, mas com atenção! Vejam:

1) A concentração de DEET não deve passar de 10% (Off kids, loção spray e aerosol).
2) Os repelentes com base de icaridina estão liberados para gestantes e crianças a partir de 6 meses (Jonhson & Jonhson loção).
3) Existem também as pulseiras repelentes (bye bye mosquitos) de citronela que prometem manter a ação por 5 dias!
4) O uso de vitaminas do complexo B para evitar picadas de mosquitos faz o corpo liberar um cheiro que pode funcionar como repelente para os mosquitos. Não há uma confirmação científica sobre isso e, como toda vitamina, pode aumentar o apetite das crianças.

Vamos fazer nossa parte mas lembre que assim como nós, os mosquitos amam nossas crianças!

Dra. Thatiana H. Blumenberg
Consultórios: Ipanema (tel.:3322-1038) /Laranjeiras (tel.: 2125-6920) / Barra (tel.: 3385-4597)
thbdermatologia@gmail.com  / Instagram: @THBdermatologia

Page 1 of 212