07.10.2016

Entrevista Rafa Brites

Papais Famosos

Hoje tem entrevista especial aqui no blog com a querida apresentadora Rafa Brites. Casada com o também apresentador Felipe Andreoli, o casal está “grávido” de um menino que se chamará Rocco.

No papo, a Rafa revelou que pensa em ter mais dois filhos, contou como foi descobrir a gravidez, todas as emoções que tem sentido, a escolha do nome e muito mais!!!

Está imperdível a entrevista, gente! Adoramos ter você aqui no blog Rafa! ;-) Que o Rocco chegue ao mundo cheio de saúde!

rafa-brites-gravida-andreoli7

A sua gravidez foi planejada ou foi uma surpresa? Como foi o dia em que você descobriu que estava grávida?

Bom, eu sempre quis ser mãe. Depois de 6 anos junto com o Felipe parei a pílula. Ia dar a tal desintoxicada para engravidar ano que vem ou 2018. Ficamos na tal tabelinha. Ou melhor era para ficar. Engravidei no mês que eu parei.

Em um sábado estava indo para o Rio para gravar para o Superstar, no aeroporto, já sentindo umas dores no seio… resolvo comprar o teste… Fiz no banheiro do aeroporto. Aí lógico com a notícia, voltei correndo pra casa (esqueci a mala lá no aeroporto). Felipe levou um susto em me ver de volta…. Aí só chororô… Eu disse: Vamos esperar os 3 meses para contar… nisso ele ja tinha mandado para todos os amigos e família kkkk.

rafa-brites-gravida-andreoli

Como o Felipe encarou a novidade de saber que seria papai? Ele está curtindo?

Desde que nos conhecemos ele dizia: Quando vc quiser eu estou pronto. E acho que redescobri o meu parceiro… Não imaginava o quanto ele seria legal. Baixando aplicativos. Lendo sobre gravidez. Um dia eu estava com dor no seio e ele me explicou sobre as camadas de gordura etc :)

Depois que descobriu a gravidez você mudou alguma coisa na sua alimentação e nos cuidados diários?

Então, nunca fui muito regrada com a alimentação. Não tenho tendência a engordar… logo não tenho essa nóia. Como pão francês, como glúten, lactose, e tudo o que hoje é condenado. Não parei com nada disso. Só incluí alguns legumes que não costumava comer… Beterraba, couve , cenoura. Como tudo o que tenho vontade + o que o bebê precisa. Engordei mais do que se espera: 8 kg em 5 meses. Acho que devo chegar a 16 17 por ai… Estou fazendo natação e aulas em uma academia onde faço exercícios específicos para gestantes. E focados em músculos usados no parto normal, que desejo fazer se estiver tudo bem com o bebê.

rafa-brites-gravida-andreoli2

Já sente alguma mudança entre a Rafa de agora grávida e antes de engravidar?

Na noite que descobri, tive que ir para o Rio mesmo assim, porque a vida não para. Fui sozinha pois o Felipe também tinha que gravar, mas em SP. Quando entrei no banho e pensei que não estava mais sozinha, tive uma crise de choro… Muito de felicidade, de deslumbramento, mas ao mesmo tempo de medo e insegurança. Os dias que seguiram foram bem difíceis.. não me reconheci. Sou daquelas que acredita que tem uma vaga me esperando. Que vou ganhar upgrade no avião. Que a minha telessena que eu nem compro será sorteada… Mas no inicio da gravidez só me vinham pensamentos negativos: Medo de abortar (ia no banheiro achando que sairia sangue), medo de não ser uma boa mãe, de não ter dinheiro para uma escola boa etc Credo. E me culpava por pensar assim… Logo eu? Conversei muito com o Fê, com minha mãe, minhas duas irmãs. E entrei na terapia. Foi muito bom desabafar. E depois dos enjoos (imagina ao vivo no Superstar), eu disfarçando e saindo pra vomitar nos intervalos? Tive tonturas fortíssimas, a ponto de parar de dirigir. Mas COMO TODAS AMIGAS E BLOGS ME FALARAM: VAI PASSAR! PASSOU! Passou TUDO! O físico, o mental… Voltei a ter aquela fé inabalável. Imagino o Rocco gordinho, eu dando banho e tudo mais. Trabalhei como voluntária um tempo em um berçário. Então tenho umas habilidades a mais rsrs. Quando minha sobrinha nasceu estava se arranhando e só tinham duas enfermeiras na maternidade que cortavam as unhas… demorando. Fui lá e cortei. Acredito que meu desafio agora seja amamentar. Porque sim vou amamentar e muito.

rafa-brites-gravida-andreoli4

Como foi a escolha do nome Rocco?

Eita coisa difícil nomes né? Tínhamos escolhido o nome Serena se fosse menina. Felipe gostava de uns nomes mais hippies (não vou citar para não ofender ninguém, cada um da o nome que quer, nê?) E eu nomes bem brasileiros. Não entrávamos em acordo. Ai ele falou Rocco… fomos ver o significado e era: Homem Sereno. Ai ficou ou Rocco, ou Serena.

rafa-brites-gravida-andreoli6

Está tudo pronto para a chegada do Dele? Quartinho e enxoval com algum tema em especial?

Gente do céu. Eu to amando ver tudo isso. Ganhamos MUITOS presentes. Cada dia chega uma coisa mais linda que a outra. O quarto lí em blogs que não é bom fazer muito antes porque ficamos ansiosas. Ficará pronto em Dezembro. O tema é ursos esportistas. Porque foi uma alegria essas olimpíadas e Paralimpíadas.

O enxoval estamos fazendo aos poucos com coisas aqui do Brasil, algumas que compramos em viagens e fofuras feitas a mão pelas vovós e bisas.

rafa-brites-gravida-andreoli5

Você e o Felipe pensam em ter mais filhos?

Mais dois. (As mamães experientes já dão risada com essa informação): – Vamos conversar depois do primeiro kkkkkk

Estar grávida é…

Estar grávida é deixar de ser dona do próprio corpo e emoções. É repensar a vida, os valores o orçamento familiar.

É achar que vai chorar ao ver o primeiro ultra-som, mas ficar dura , estática, E as vezes estar dirigindo, ouvir uma música, e se acabar em lágrimas. É ver o seu parceiro com outros olhos. E amar o resultado desse amor. É olhar para a nossa mãe com compaixão. Ver as outras mães no shopping e pensar: Olha que bacana essa atitude. Ou. Gente jamais farei isso!

Se achar esquisita no espelho enquanto a barriga não vem. E se achar a mulher mais linda do mundo, quando ela aparece. É ter a sensação que tem muitas gravidas, bebês, lojas infantis no mundo. É dar Google a cada 10 minutos, Ficar na dúvida: Ta mexendo ou são gases? Contar CADA DIA que passa querendo que chegue o dia, mas também pensando que ia ser tão bom se pudesse ficar para sempre protegido ali dentro.

Estar grávida é tudo isso e TUDO mais. Sem dúvidas, a coisa mais linda que já me aconteceu na vida, O sentimento mais nobre, sublime que senti até hoje. E só melhora … E só aumenta…

rafa-brites-gravida-andreoli3

24.09.2016

O que mulheres de vários países levam para a maternidade?

Enxoval, To Grávida

Fazer a mala da maternidade deixa muitas mães com dúvidas. O que levar? No Brasil, dependendo da maternidade alguns itens extras precisam ser incluídos. Não deixe de consultar a maternidade onde será o seu parto. Para quem não viu, já fizemos um post super completo sobre o assunto “O que levar na mala de maternidade do bebê“.

Para mostrar a diversidade, a ONG britânica WaterAid divulgou o que grávidas de diversas nacionalidades levam para o hospital para o nascimento do bebê. Algumas mulheres precisam levar a própria água e desinfetante para limpar o quarto do hospital. Curioso, né? Vejam que interessante!

Takako, Japão – Roupinhas de bebê, um cartão de seguro, formulários de consentimento para a internação e transfusões de sangue, registro de saúde materno-infantil, bilhete de registro de paciente, shorts maternidade, sutiã e produtos de higiene pessoal.mala maternidade3

 

Katy Shaw, Austrália – produtos de higiene pessoal, lanches, fraldas, chapéu, meias, luvas, roupinhas de bebê, roupas para si, almofadas de maternidade e de amamentação e óleos de massagem.
mala maternidade5

 

Hazel Shandumba, Zâmbia – cobertor para bebê, roupinhas, sarong (traje), uma bacia para água e um rolo de polietileno para colocar na cama mantendo a higiene, pois não há água no local do parto.mala maternidade7

 

Zaituni, Tanzânia – Roupas, um frasco, uma garrafa de água e comida.mala maternidade11

 

Deanna Neiers, Estados Unidos – Música, óleo de coco para a massagem, óleo de lavanda, gel de arnica, lanches, sutiã e travesseiro de amamentação, roupas para vestir no hospital, cobertor e roupinhas para o bebê.mala maternidade12

 

Joanna, Reino Unido – Fraldas, roupas de bebê, calças de malha, petiscos, uma toalha, produtos de higiene, uma máquina TENS, usada como alternativa ao medicamento analgésico, almofadas de maternidade, um iPad, uma garrafa de água, notas médicas e um cobertor.
mala maternidade

 

Kemisa, Uganda – Roupas de bebê, luvas cirúrgicas, sabão em pó, desinfetante, um frasco e copo, um receptor para cobrir seu bebê, fraldas e roupas de cama.maternidade5

(Fotos: Reprodução/WaterAid)

22.08.2016

Gravidez: Saiba quais são os nutrientes mais importantes para a sua alimentação

Saúde, To Grávida

Na gravidez muitas mulheres ficam preocupadas apenas com a questão do ganho de peso gestacional. Mas você sabia que a qualidade dos nutrientes consumidos nas refeições também é muito importante?

Segundo a nossa parceira nutricionista materno-infantil Dra. Bruna Albuquerque, não adianta a mulher ter um ganho de peso legal se a oferta de nutrientes for pobre. Afinal, o que realmente importa é a qualidade da alimentação, né?

Conversamos com a Bruna sobre a importância do ganho de peso com saúde e ela listou no post de hoje vários nutrientes fundamentais para o desenvolvimento do bebê. Confiram!

peso_gravida_oquecomeralimentos_nutrientes

Vamos pensar nesse momento como o tempo da programação metabólica de um novo ser, ou seja, durante esses 9 meses o bebê está em constante fase de “construção”, por isso nada mais justo do que fornecer as melhores matérias-primas para gerar uma vida saudável.

Veja abaixo alguns nutrientes que são fundamentais para a saúde das mamães e seus bebês:

Ácido Fólico

O ácido fólico é uma vitamina muito importante na gestação, sua necessidade está aumentada em função da rápida divisão celular, fechamento do tubo neural e desenvolvimento fetal. Suas principais fontes são as carnes, verduras, folhas verde-escuras (espinafre, brócolis, couve), leguminosas (ervilhas, feijão e lentilha), laranja e gema de ovo.

Vitamina D

A vitamina D é uma ótima aliada para aumentar a imunidade materna, atua na formação óssea do bebê e ajuda a prevenir a pré-eclampsia, resistência à insulina e diabetes gestacional, parto prematuro e raquitismo. Por isso é tão importante manter os níveis adequados ao longo de todo o período através de alimentação adequada, suplementação e exposição ao sol.

Iodo

O iodo também tem papel importante na maturação do sistema nervoso central durante o período gestacional, assim como na lactação. Ele é importante para o crescimento e desenvolvimento dos órgãos da criança. Alimentos como frutos do mar, algas, vagem e agrião são fontes bem ricas.

Ômega 3

O ômega 3, ácido graxo essencial não produzido pelo nosso organismo, também é de extrema importância na formação cerebral, tem papel importante no aprendizado, memória e elevação de QI. Auxilia ainda na prevenção de depressão após o parto. Fontes de gorduras boas como: chia, linhaça, nozes, atum, sardinha, salmão, aranque são interessantes para a alimentação materna.

Ferro

O mineral ferro é um ótimo aliado na prevenção da anemia, que costuma ser frequente na gestação. Os vegetais verdes escuros são boas fontes, sendo a couve o vegetal que mais contém esse micronutriente.

Frutas Cítricas

As frutas cítricas possuem altas concentrações de acido cítrico, vitamina C e flavonóides. São importantes fontes de antioxidantes e ajudam a fortalecer o sistema imunológico contra infecções, gripes e resfriados, além de aumentar a absorção do ferro presente nos vegetais verdes escuros, feijões e carnes.

Cálcio

O cálcio é um mineral importante para formação óssea. E você sabia que ele não está presente apenas no leite? Há alimentos com altos teores de cálcio, que podem ser incluídos no cardápio: verduras verde-escuras, gergelim, algas, amêndoas, feijão, leguminosas, marisco, tofu (queijo de soja), ovos e nozes.

Magnésio

O magnésio, presente no abacate, espinafre, grão de bico, couve, nozes, semente de girassol, ajuda a prevenir a pré-eclampsia e hipertensão gestacional e reduz o aparecimento de câimbras, já que ajuda no relaxamento muscular.

Colina

A colina, presente no ovo, ajuda no desenvolvimento cerebral fetal e é reguladora da memória e atenção do bebê.

 

Dra. Bruna Albuquerque é nutricionista materno-infantil da Clínica Patricia Davidson Haiat.
Consultório – (21) 2239.7200 / Rua Visconde de Pirajá, 572, 6° andar, Ipanema | Av. das Américas, 3.500, Toronto 2.000, Loja C, Barra da Tijuca / atendimento@patriciadavidson.com.br

Page 5 of 3534567