24.04.2014

Gelatina caseira para as crianças

Bebês, Saúde

Gelatina é uma boa opção para as crianças? Essa receita da nossa parceira e nutricionista Nara Corona sim!

Tudo que é caseiro fica sempre mais saudável e gostoso, né?! Confiram as dicas da Nara e os ingredientes dessa gelatina sem corantes, rica em nutrientes e fácil de fazer:

gelatina

Gelatina caseira para as crianças – por Nara Corona

As gelatinas comuns em caixinha vendidas nos mercados são motivos de orgulho de todo mundo que está fazendo dieta! Normalmente as pessoas falam felizes que no lugar de uma sobremesa elas comem gelatina! Vamos dizer aqui o que falamos para nossos pacientes no consultório:  O que a gelatina tem? Bom, a lista de ingredientes de uma gelatina comum, sabor morango é a seguinte:

Açúcar, gelatina, sal, vitamina C, reguladores de acidez: citrato de sódio e ácido fumárico, aromatizante, edulcorantes artificiais: aspartame, ciclamato de sódio, acesulfame de potássio e sacarina sódica e corantes artificiais: bordeaux S e amarelo crepúsculo FCF. Não contém glúten, contém fenilalanina.

Análise: Se o açúcar fosse a parte ruim estaria tudo bem, porque o pior mesmo é saber que acima da foto dessa embalagem vem escrito “Para seus filhos”, e ela ainda leva adoçante artificial na composição! Somado a isso, temos corantes artificiais, e um tipo de gelatina (não hidrolisada) que nosso organismo não aproveita como deveria para a síntese de colágeno. Ou seja, como se não bastasse virar líquido ainda na boca, não aproveitamos quase nada dela.

Mas podemos fazer uma gelatina de verdade e muito mais saborosa!!! Vamos lá:

1) Substitua a gelatina em pó de caixinha por 1 colher de sopa rasa de ágar-ágar (extraído de algas);

2) Misture com 2 colheres de água morna para dissolver bem;

3) Após esfriar inclua 1 copo de suco de uva natural orgânico e tenha em mãos um boa opção para o lanche da tarde.

Pode ser adoçado com açúcar enquanto estiver no fogo.  O suco pode ser substituído pelo de melancia ou de tangerina. A ágar-ágar é 100% vegetal e natural e por conter uma boa quantidade de fibras solúveis auxilia no funcionamento intestinal.

Espero que aproveitem essa receita!

Nara Corona é nutricionista pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pela Unicsul /VP Consultoria Nutricional – Divisão de Ensino e Pesquisa São Paulo, é sócia da Consultoria Nutricional Nara&Duda Alimentação Inteligente, administra a fanpage Nara&Duda, atende em seu consultório no Leblon e na Barra da Tijuca, no RJ.
Contatos: naracorona@globo.com naraedudanut@gmail.com Tel: (21) 98836-1994 / 2492-3360 fb: Nara&Duda

25.03.2014

Os 10 alimentos essenciais para as grávidas

Saúde, To Grávida

Pregnant woman with fruit 

O início da gravidez vem acompanhado de muitas preocupações sobre o que podemos comer nesse período. Queremos fazer tudo que está ao nosso alcance para ajudar na formação do bebê e as dúvidas sobre alimentação sempre surgem nesta etapa.

A nutricionista Nara Corona conversou com a gente e selecionou os 10 principais alimentos que contribuem para uma dieta mais rica e saudável para mamãe e bebê. Confira a lista!

1. Ovo – no limite de 1 gema ao dia e sempre muito bem cozidos (até que a clara e a gema fiquem duras), ela contém colina que é um nutriente fundamental para o bom funcionamento cerebral, do bebê e da mãe (o consumo só vai depender dos níveis de colesterol da gestante).

2. Folha verde escura – são ricas em ferro, fibras, ácido fólico, e cálcio! O ácido fólico é essencial nos primeiros meses do desenvolvimento fetal, porque a formação do tubo neural (espinha dorsal e formação cerebral) é dependente dessa vitamina, por isso toda mulher principalmente no início da gravidez faz uso de algum suplemento de ácido fólico. Ele também atua garantindo uma boa circulação sanguínea da mãe, e da placenta (que é através dela que é possível nutrir o bebê), e ainda previne a anemia durante a gestação.

 3. Água – o quanto puder beber ao longo do dia. O aumento do volume sanguíneo da mãe e o meio em que o bebê está se desenvolvendo são dependentes de água. Além de disso, estar bem hidratada, é fundamental para o bom funcionamento intestinal também!

4. Carne branca ou vermelha – essa é uma fase em que a necessidade de proteína é enorme, afinal existe um ser em formação dentro do corpo da mãe.

5. Proteínas vegetais – como feijões, ervilhas, lentilha, grão de bico ou amaranto são alimentos com uma excelente quantidade de proteína, e funcionam muito bem principalmente para as gestantes que não conseguem digerir bem as carnes.

6. Frutas – principalmente as ricas em vitamina A e vitamina C, como a manga, acerola, goiaba, laranja, limão, e kiwi.

7. Fibras – como a semente de chia, o farelo de aveia, e a farinha de amaranto. Além de ajudarem no bom funcionamento intestinal da mãe (que influencia na boa absorção dos nutrientes ingeridos), eles ainda são fontes de minerais importantes e de ômega-3. De preferência, devem substituir os pães brancos e o arroz branco, pelos integrais!

8. Azeite extra virgem – ele é fonte de uma gordura maravilhosa para o nosso corpo, e nossas células são formadas por uma parede de gordura, por isso quanto melhor o tipo de gordura que ingerimos, mais saudáveis serão as novas células fabricadas. Agora pense em um organismo que está em proliferação celular aceleradíssima, é assim que está o bebê, então vamos oferecer a ele as melhores fontes de gordura!

9. Derivados do leite – são ricos em cálcio, mas caso tenha algum tipo de intolerância ou alergia específica, converse com sua nutricionista para te dar outras alternativas.

10. Legumes – são ricos em vitaminas, minerais, água, fibras e carboidratos. Completos, vão dar mais saciedade, nutrindo e ajudando no controle do peso da mãe, sem prejudicar o desenvolvimento do bebê.

 

Nara Corona é nutricionista pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pela Unicsul /VP Consultoria Nutricional – Divisão de Ensino e Pesquisa São Paulo, é sócia da Consultoria Nutricional Nara&Duda Alimentação Inteligente, administra a fanpage Nara&Duda, atende em seu consultório no Leblon e na Barra da Tijuca, no RJ.
Contatos: naracorona@globo.com naraedudanut@gmail.com Tel: (21) 98836-1994 / 2492-3360 fb: Nara&Duda

15.02.2014

Cardápios Saudáveis para Festas Infantis

Bebês, Saúde

O que servir na festinha do seu filho? Além dos tradicionais salgadinhos, bolo e brigadeiro podemos incluir opções diferentes no cardápio pensando na saúde dos nossos filhos.

Vejam algumas ideias de comidinhas mais saudáveis que a nutricionista Nara Corona deu pra gente! Opções práticas e deliciosas que todos vão adorar!

C

Cardápios Saudáveis para Festas Infantis – por Nara Corona

Festa de criança é divertido até para quem não tem filho, aliás acho que tudo que as crianças aproveitam das brincadeiras, os pais aproveitam no buffet.

O problema é quando chegamos em uma festa e não parece ter nada que possamos oferecer aos nossos filhos. Será que dou só pão do cachorro quente, ou enxugo bem as batatinhas para diminuir a gordura? A mesa de doces é enorme, com brigadeiros que não acabam mais… tantos pensamentos passam pela cabeça, mas calma! Vamos por partes.

Os brigadeiros estão no lugar certo, afinal é uma festa, o problema é que se não demos o almoço ou jantar para as crianças, e as opções passam da gordura para o açúcar, o coração de mãe aperta. Desde que nasceram nos preocupamos em oferecer o há de melhor, e em uma única festa não queremos desconstruir todo o esse trabalho! Não, de jeito nenhum, não é assim que as coisas acontecem. Se seu filho tem bons hábitos, se em casa ele tem bons exemplos e os alimentos oferecidos são alimentos que impulsionam a saúde dele para melhor, não tem porque se desesperar.

A verdade é que as comidinhas de festas infantis também já não são mais as mesmas, porque os pais de hoje se preocupam muito mais com a boa alimentação. Foi pensando nisso, que resolvemos citar 10 opções para comemorar!

Anota ai pra incluir na próxima festa:

1. Espiga de milho cozido espetada no palito;

2. Picolé de frutas;

3. Mini saladinha de frutas. Pode acrescentar iogurte natural na casquinha de sorvete;

4. Gelatina feita com suco de uva;

5. Pipoca (de panela, usando sal comum);

6. Mini sanduíches de pão integral com requeijão e cenourinha ralada;

7. Biscoito de polvilho (sem gordura trans na composição – já existem algumas boas marcas no mercado);

8. Bolinho de laranja ou de fubá (com óleo de coco);

9. Água de coco;

10. Suco de frutas em garrafinhas.

Aproveite as dicas e boa festa!

Nara Corona é nutricionista pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pela Unicsul /VP Consultoria Nutricional – Divisão de Ensino e Pesquisa São Paulo, é sócia da Consultoria Nutricional Nara&Duda Alimentação Inteligente, administra a fanpage Nara&Duda, atende em seu consultório no Leblon e na Barra da Tijuca, no RJ.
Contatos: naracorona@globo.com naraedudanut@gmail.com Tel: (21) 98836-1994 / 2492-3360 fb: Nara&Duda

Page 2 of 3123