08.07.2015

A Primeira Viagem Sem Filho

Mamães & Papais, Viagens, Vida de Mãe

fernanda rodrigues_maternidade_viagem_bebe

Outro dia encontrei a Sabrina Sato no aeroporto e ela me contou que a irmã dela estava fazendo a primeira viagem sem o bebê. Ai fiquei me lembrando da minha primeira viagem sem a Luisa… Acho que esse é um momento que deixa muitas mães angustiadas, né?

Eu amo viajar e mesmo depois que a Luisa nasceu continuei viajando e levando ela comigo pra todos os lugares! Por isso, desde muito pequena a Luisa foi acostumada a viajar e se tornou uma super parceira que quase não dá trabalho… juro, gente! Claro que tenho algumas técnicas para viajar de forma mais tranquila com ela, já fiz até um post sobre isso, o Viajar com Filhos. Tem várias dicas lá!! ;-)

Mas, teve a primeira vez sem ela, quando a Luisa tinha mais ou menos 7 meses, que papai e mamãe decidiram aproveitar a oportunidade de uma viagem a dois. O que é super importante pro casal, né?

Mala prontas, partimos e a filhota ficou alguns dias com a super vovó. Ela estava em ótimas mãos, eu tinha CERTEZA disso! Mas eu sofri tanto…tanto…tanto…

Nossa era como se tivessem tirado uma parte do meu corpo! Parece exagero, né? E é!!! kkkkk Mãe é exagerada mesmo!!

Eu cheguei na viagem já sofrendo, fiquei tentando trabalhar a mente para me distrair e abstrair a situação de ter deixado a minha pequena…mas quem disse que eu conseguia!?!

Tudo que eu via lembrava dela, tudo que eu queria comprar era pra ela…Eu olhava as coisas e pensava: a Luisa ia amar isso, a Luisa ia amar aquilo! Kkkk Mãe é muito maluca…

Ligava várias vezes por dia – pra não dizer milhares!! – para saber dela. Até a minha mãe estipular um limite de ligações diárias! É sério isso, gente! hahahaha

Mas sabe qual foi o meu maior erro? No auge da viagem decidi fazer um Skype pra vê-la…Nossaaaa!! Não cometam esse erro!!! Pior coisa foi ver meu bebê ali do outro lado do computador e não poder pegar, dar um abraço, um cheirinho…e pra ela também não foi bom não! Lembro que ela esticava os bracinhos pra mim e falava: mama mama!

Que aperto no coração…Quase morri de chorar!

Nas viagens seguintes (pouquíssimas sem ela rs) eu aprendi. E depois a gente vai se acostumando também! Mas a primeira vez é duro mesmo…Coração partido! Nas outras, você sofre também, mas melhora…

E vocês? Como foi a primeira viagem sem filho?

Bjs

Fernanda Rodrigues
05.05.2014

Playmobil Gigante em Londres

Brincadeiras e Passeios, Diversão, Mamães & Papais, Viagens

Cowboys, princesas, construtores e cavaleiros invadiram o canal de Camden Lock, em Londres!!

Para comemorar os 40 anos do brinquedo Playmobil está rolando em Londres uma exposição com os bonecos mais clássicos em tamanho grande. São 40 bonecos com mais de 1 metro de altura colocados perto do Pirate’s Castle.

Sucesso nos anos 70 e 80, o Playmobil estimula a criatividade e a imaginação das crianças. Nostalgia pura, né?!

foto_playmobil

foto playmobil

Playmobil-40th-Anniversary

Algumas curiosidades do Playmobil:

– O brinquedo foi lançado em 1974 pela empresa alemã Geobra Brandstatte. O funcionário Hans Beck, também conhecido como o pai do Playmobil, vinha desde 1971 desenvolvendo pesquisas com foco na ideia de produzir bonecos de 7,5 cm;

– O local escolhido para a fábrica do brinquedo foi a ilha de Malta, lançada em 1976.  É possível visitar a fábrica e as crianças podem brincar no FunPark, com playground e bonecos gigantes;

– Já foram produzidos 2,7 bilhões de bonecos nesses 40 anos;

– Os bonecos já foram fabricados de 3.995 formas diferentes;

– A empresa tem 3.701 funcionários;

Outra dica bacana para quem viaja com crianças é que o Playmobil tem alguns FunParks pelo mundo em:

fun_park_greciaAtenas/Grécia

 

funpark_malta

Malta

funpark_palmbeach

Palm Beach Gardens/USA

funpark_parisParis

FUNPARK_ALEMANHA

Zirndorf/Alemanha

01.02.2014

Viajar com Filhos

Mamães & Papais, Viagens, Vida de Mãe

ny_viagem_fernanda rodrigues

Eu amo viajar! Acho que esse é o melhor investimento que você pode fazer em você. Conhecer lugares novos, pessoas novas, culturas e arquiteturas diferentes…

Quando a Luisa nasceu decidi que não deixaria de viajar por causa dela, mas fazer sem ela também já não tinha mais tanta graça né…Então resolvi que ela ia viajar com a mamãe!!

E nós viajamos desde que ela tinha 7 meses!! Já fomos pra muuuitos lugares juntas. Às vezes vai mais gente, o papai, a vovó, a tia, a madrinha, o padrinho…mas na maioria das vezes vamos só nós duas mesmo!

A nossa parceria de viagem está se tornando cada vez melhor! Por isso, pensei em algumas dicas práticas que dão muito certo comigo e que podem ajudar vocês também. O importante é que aproveitem cada momento da viagem e que seja divertida pra você e pro seu filho! Vem duas dicas boas:

Preparo da comida

Eu não esquentava muito a comida em casa, sempre deixei a papinha, sopa ou até mesmo a comida em temperatura ambiente. Assim, a Luisa não se acostumou a comer a comida quentona e eu podia levar em um recipiente pra qualquer lugar que ela comia tranquila, sem precisar achar um lugar pra esquentar. Isso funciona com a mamadeira também!

Aí você pode pensar: “Ah, mas é tão gostoso a comida, o leitinho quente…” Pode ser, mas ela não conhecendo vai gostar do mesmo jeito e vai facilitar muuuuito as coisas. Principalmente pra viajar! ;-)

Ambiente para dormir

A minha filha raramente dormia no silêncio absoluto e no “breu” total em casa. Tá, você precisa de um ambiente calmo para o bebê, certo?! Com certeza! Mas também não precisa ser um silêncio e escuridão absoluta. Se agir assim, qualquer barulhinho seu bebê não vai estar acostumado e vai acordar.

Eu tentei acostumar minha filha a dormir com um barulho normal, da vida, até porque dentro da barriga fazia muito barulho também! rsrs E na soneca do dia, deixava o quarto com a cortina meia aberta, com a luz do sol…Como lá em casa ninguém nunca falou sussurrando rsrs ela se acostumou a dormir com os barulhos, luzes e, principalmente, a dormir em qualquer lugar!!! Um alivio enorme pra uma mãe! :-)

Conclusão:

O que eu sempre digo é que o bebê é um HD zerado, você que vai alimentando ele de informações, quanto mais práticas elas forem melhor pra ele e pra você! Quanto mais “frescuras” você tiver, mais fresco seu bebê vai ser e viajar não vai ser nada fácil!

Claro, cada bebê é um bebê, cada mãe é uma mãe, mas essas dicas funcionaram tanto pra mim, vai que funciona pra vocês também…

Alguém tem mais alguma dica? Vamos fazer dos nossos filhos nossos parceiros de viagens! :-)

miami_viagem_fernanda rodrigues

 

Fernanda Rodrigues
Page 1 of 212