28.05.2016

Como escolher o pediatra ideal para o seu filho?

Bebês, Saúde, Saúde, To Grávida

São muitas as preocupações com a gravidez e o parto antes do nascimento do bebê, mas nessa fase também é preciso pensar na chegada do bebê e como serão as primeiras semanas e meses com ele.

E uma das decisões importantes que devem ser tomadas com calma e confiança durante a gravidez é a escolha do pediatra do seu bebê. A relação família-pediatra é baseada na confiança e, para isso, é fundamental que se tenha transparência e respeito.

escolher_de_pediatra

Por volta do segundo trimestre da gravidez comece a pesquisar as opções de pediatra, pedir indicações, levantar referências e então marque uma consulta para vocês conversarem. Dessa forma, antes do nascimento do bebê você já terá escolhido com segurança o profissional que irá acompanhá-lo.

Assim como a escolha do obstetra exige uma pesquisa cuidadosa, pois precisa ter uma relação de confiança, segurança e levantamento de muitas dúvidas e informações, o ideal é que o mesmo processo seja aplicado na escolha do pediatra – o dever de casa deve ser feito! E quando falamos da saúde dos nossos filhos,  diversos aspectos estão envolvidos como: alimentação, comportamento, doenças e prevenção. A orientação adequada e boa relação/proximidade com pediatra é fator chave para que os pais se sintam seguros com os cuidados com bebê.

Preparamos algumas dicas para ajudar nessa escolha. Confira!

  1. Determine o que é importante para você – O que você busca em um pediatra? Pouco tempo de espera no consultório, respostas rápidas por whatsapp, convênio, disponibilidade nos finais de semana ou fim do dia, uso de homeopatia? Desses pontos, qual é o mais importante para você? De acordo com seu nível de exigência por requisito você poderá selecionar o pediatra mais adequado às suas necessidades.
  2. Converse muito a respeito – Fale com seus amigos que têm filhos, colegas de trabalho, obstetra, etc. Entenda o que cada um tem a dizer e quais principais atributos destacados para verificar se estão de acordo com as suas preferências.
  3. Agende consultas antes do nascimento – A partir da seleção inicial, marque consultas antes do nascimento para conhecer algumas médicos pessoalmente e tirar todas suas dúvidas. Nessa etapa é importante levar todas as suas perguntas anotadas para assim sentir se aquele profissional está em linha com o que você busca.
  4. Compare os resultados – Depois de coletar dicas de amigos e fazer as entrevistas com base nas suas prioridades (e naquele instinto materno) compare as opções para escolher o seu pediatra.
  5. Não está seguro, mude – Não se sinta mal de trocar de pediatra se não estiver seguro. O principal é a saúde do seu filho, portanto você e o médico precisam ter um bom relacionamento de confiança.
Comentários no Facebook
0 Comentários
Deixe um comentário