06.04.2015

Dicas para cuidar da cicatriz da cesárea

Parto, Saúde, To Grávida

Com novas técnicas e cuidado dos médicos, a cicatriz da cesárea fica praticamente imperceptível na maioria das mulheres. Uma marquinha horizontal próxima do biquíni. Nada além disso! (obs.: essa da foto está maior e mais em cima do que o normal…)

Mas, para ter uma boa cicatrização, também é importante que as mamães cuidem bem no pós-operatório. Conversamos com a dermatologista Thatiana Blumenberg que nos passou ótimas dicas para amenizar a cicatriz! Confiram:

Scar Of Caesarean Section

Dicas para cuidar da cicatriz da cesárea –  por Thatiana Blumenberg

Verdade seja dita, a cicatriz da cesárea tá cada dia menor. Nas sortudas são finas (atróficas) e ficam quase imperceptíveis… mas, podem ser também hipertróficas (elevadas, fibrosas, respeitando a área do corte) ou formar até queloide (fibrosas que ultrapassam o corte), principalmente em morenas, negras e orientais.

Manter a área seca e limpa e fundamental nos primeiros 15 dias!! O melhor momento para usar cremes ou  gel cicatrizante como Skimatix, kelocote (amo!! principalmente em spray) Bio oil, óleo de rosa mosqueta… é assim que tirar os pontos! E em média, se avalia a cada 2-3 meses de uso.

Tudo vai depender do tipo de cicatriz e do tom de pele.

Tratamentos com infiltração de corticóide na lesão, betaterapia e laser podem ajudar ainda mais os casos complicados.

A vermelhidão na cicatriz dura em média de 6-12 meses e o fato de usar a tão temida cinta, cicatrizantes e evitar o esforço físico ajudam muito pra que ela fique melhor.

Bom, a grande verdade é que o tempo é “o melhor amigo” da cicatriz! Com o passar do tempo, mais parecida com o tom da pele e mais discreta ela se torna!

Feia ou bonita, o mais importante é lembrar o porque você tem ela!

Dra. Thatiana H. Blumenberg
Consultórios: Ipanema (tel.:3322-1038) /Laranjeiras (tel.: 2125-6920) / Barra (tel.: 3385-4597)
thbdermatologia@gmail.com / Instagram: @THBdermatologia

Comentários no Facebook
1 Comentário
  1. […] FONTE CHEGUEI AO MUNDO – CLIQUE AQUI […]

    Responder
Deixe um comentário