23.11.2016

Ligeiramente Grávida – Larissa

Ligeiramente Grávida, To Grávida

O “Ligeiramente Grávida” de hoje tem um texto lindo da Larissa, mãe da pequena e fofíssima Maria, de 4 meses.

A Larissa sonhava em ser mãe desde nova e engravidou logo nas primeiras tentativas. Na hora de contar para o marido, ela não aguentou a ansiedade. Tirou uma foto do teste e mandou por whatsapp. Muita emoção! Leiam!

gravida_ligeiramente

Sempre tive o sonho de ser mãe. Desde pequena, quando perguntada o que seria quando crescesse, minha resposta era: mãe. Mas eu sempre soube também que tinha que ser na hora certa, com a pessoa certa.

Casei em 2014 depois de um ano e meio de namoro. Mas nossa história é mais antiga. Namoramos em 2005 por 3 anos, ficamos 5 separados, mas nos reencontramos e veio a vontade de formarmos uma família. Ele, desde o início, já queria que eu parasse de tomar pílula, dizendo que engravidar demora e tal. Mas eu só quis parar quando estivéssemos prontos pra encarar essa aventura.

Um ano depois do casamento, em novembro, parei a pílula e fizemos uma viagem pra Europa. Detalhe: eu estava em meu período fértil, mas não é fácil engravidar, né? Vida que segue. A viagem foi maravilhosa, uma segunda lua-de-mel.

Já no Brasil, era uma quarta-feira e eu deveria ficar menstruada. Nada. Foi impossível não bater aquela ponta de esperança! No dia seguinte decidi que faria o teste de farmácia após o trabalho. No final do dia já comecei a segurar o xixi pra ficar “mais concentrado” e fazer o teste. Comprei. Cheguei em casa quase fazendo xixi nas calças. Nunca tinha feito teste de farmácia, comecei a ler a bula, mas eu estava tão nervosa e tão apertada, que não entendia nada do que lia! Sabe-se lá Deus como, mas eu consegui. Fiz xixi no potinho e quase que no mesmo segundo que coloquei o teste no xixi, a segunda linha apareceu. Era tão forte que não tinha como ter dúvidas!

Quase desmaiei de emoção. Eu não estava acreditando no que via! Precisava contar LOGO pro meu marido e dividir essa alegria com ele. Mas justo neste dia ele tinha saído com os amigos do trabalho. Liguei pra ele e ele ainda nem tinha chegado no bar. Inventei que estava passando mal, pedi pra ele voltar. Mas minha voz devia estar tão alegre que ele nem tchum, disse pra ligar pra minha mãe. Tentei esperar ele chegar, mas os 5 minutos de espera pareceram uma eternidade, ia ser impossível esperá-lo. Então resolvi apelar: tirei uma foto do teste e mandei por WhatsApp dizendo pra ele vir logo pra casa porque nós estávamos com saudade.

Ele me ligou imediatamente! Estava nervoso e sem entender direito o que eu estava querendo dizer. Quando confirmei que ele seria papai, choramos! Então, ao invés de ele voltar pra casa, eu fui encontrá-lo para comemorarmos a realização do nosso grande sonho!

No dia seguinte cedinho fiz o exame de sangue e confirmei a gravidez! Com 8 semanas fiz a sexagem fetal (para descobrir o sexo). Não quisemos chá de revelação porque queríamos que o momento fosse só nosso. Uma amiga imprimiu o resultado da internet e fomos almoçar em casa nesse dia para vermos juntos (imagina se eu aguentaria até a noite!). Quando abrimos o envelope, vimos que o que eu mais queria aconteceu: nossa menininha Maria estava a caminho!!!

Enjoei muuuuuito até a 16a semana (nem conseguia curtir muito). Mas passada essa fase, vivi a plenitude. Amava minha barriga (ai, que saudade), me sentia linda e plena!

Com 33 semanas comecei a ter muitas contrações. Meu médico me mandou ficar em casa de repouso e esse período parece que durou mais que a gestação inteira. Quando completei 37 semanas e 1 dia, as 6h da manhã acordei no susto fazendo xixi nas calças. Corri pro banheiro e continuava saindo, eu não conseguia prender. Aí caiu a ficha: a bolsa estourou, minha menininha queria nascer!

Corremos pra maternidade (depois de arrumar a minha mala que ainda não estava pronta). Ligamos para nossos pais e irmãos, mandamos milhões de WhatsApps para avisar aos amigos (santa tecnologia!) e às 9:11 nasceu o maior amor das nossas vidas. Nossa pequena Maria!

gravida_ligeiramente2

Comentários no Facebook
5 Comentários
  1. Poliane Cabral 24/11/2016 | 11:45

    Lindaa história, estou grávida, e é impossível não se emocionar…bjinhoss Família da Maria

    Responder
  2. Magaly 24/11/2016 | 23:55

    😭😭😭Deus abençoe essa família, amo vcs!!!🙏🙏🙏❤️😘😘😘

    Responder
  3. Magaly 24/11/2016 | 23:56

    😂😂😂😂🙏😘😘😘😘💝

    Responder
  4. Magaly 24/11/2016 | 23:57
  5. Virginia 27/11/2016 | 02:31

    Gostaria de ler histórias de mulheres que tiveram dificuldade em engravidar, problemas durante a gravidez e filhos prematuros. Acho que ajudaria quem está passando por isso. Normalmente só ouvimos histórias lindas e mães super tranquilas, mas nem sempre é assim. E as mulheres que passam por dificuldades se sentem deslocadas.

    Responder
Deixe um comentário