08.07.2015

A Primeira Viagem Sem Filho

Mamães & Papais, Viagens, Vida de Mãe

fernanda rodrigues_maternidade_viagem_bebe

Outro dia encontrei a Sabrina Sato no aeroporto e ela me contou que a irmã dela estava fazendo a primeira viagem sem o bebê. Ai fiquei me lembrando da minha primeira viagem sem a Luisa… Acho que esse é um momento que deixa muitas mães angustiadas, né?

Eu amo viajar e mesmo depois que a Luisa nasceu continuei viajando e levando ela comigo pra todos os lugares! Por isso, desde muito pequena a Luisa foi acostumada a viajar e se tornou uma super parceira que quase não dá trabalho… juro, gente! Claro que tenho algumas técnicas para viajar de forma mais tranquila com ela, já fiz até um post sobre isso, o Viajar com Filhos. Tem várias dicas lá!! ;-)

Mas, teve a primeira vez sem ela, quando a Luisa tinha mais ou menos 7 meses, que papai e mamãe decidiram aproveitar a oportunidade de uma viagem a dois. O que é super importante pro casal, né?

Mala prontas, partimos e a filhota ficou alguns dias com a super vovó. Ela estava em ótimas mãos, eu tinha CERTEZA disso! Mas eu sofri tanto…tanto…tanto…

Nossa era como se tivessem tirado uma parte do meu corpo! Parece exagero, né? E é!!! kkkkk Mãe é exagerada mesmo!!

Eu cheguei na viagem já sofrendo, fiquei tentando trabalhar a mente para me distrair e abstrair a situação de ter deixado a minha pequena…mas quem disse que eu conseguia!?!

Tudo que eu via lembrava dela, tudo que eu queria comprar era pra ela…Eu olhava as coisas e pensava: a Luisa ia amar isso, a Luisa ia amar aquilo! Kkkk Mãe é muito maluca…

Ligava várias vezes por dia – pra não dizer milhares!! – para saber dela. Até a minha mãe estipular um limite de ligações diárias! É sério isso, gente! hahahaha

Mas sabe qual foi o meu maior erro? No auge da viagem decidi fazer um Skype pra vê-la…Nossaaaa!! Não cometam esse erro!!! Pior coisa foi ver meu bebê ali do outro lado do computador e não poder pegar, dar um abraço, um cheirinho…e pra ela também não foi bom não! Lembro que ela esticava os bracinhos pra mim e falava: mama mama!

Que aperto no coração…Quase morri de chorar!

Nas viagens seguintes (pouquíssimas sem ela rs) eu aprendi. E depois a gente vai se acostumando também! Mas a primeira vez é duro mesmo…Coração partido! Nas outras, você sofre também, mas melhora…

E vocês? Como foi a primeira viagem sem filho?

Bjs

Fernanda Rodrigues
Comentários no Facebook
8 Comentários
  1. Adriana Oliveira 08/07/2015 | 20:57

    Oi Fernanda
    Minha bebê fez 4 anos e confesso que tudo que consegui até hoje foi passar um único fim de semana (saí no sábado a tarde e no domingo de manhã já estava de volta)pois tamanha foi a dor da saudade.
    Tudo me lembrava a Lívia (minha filha) e falamos dela o tempo
    inteiro.
    Acho que pra tirar uns dias pro casal é preciso que se desligue um pouco da criança que ficou se não, a pessoa nem curte mesmo a viagem proposta.
    Não foi meu caso, mas até hoje depois de 4 anos, juro que procuro uma viagem legal a dois sem minha filha. Preciso de incentivo kkkk me ajuda Fernanda
    Te acompanho bastante, a Luisa é linda assim como minha Lívia. Beijos

    Responder
  2. Thaissa Vieira 09/07/2015 | 16:59

    Ahh, eu sou dessas tb! Eu também escrevo um blog e nele sempre falo que ela que chegou nas nossas vidas então ela nos acompanha em tudo que dá, mas mes passado fizemos 3 anos de casado e bateu vontade de fazer programa de casal! Pela primeira vez deixamos a pequena com 1 ano e 4 meses com os vovôs e fomos.. no primeiro dia eu quase morri, liguei milhoes de vezes e minha mae tb restringiu a quantidade de ligações kkk Tb dei o mole de ligar no facetime e a saudade bateu forte, mas o saldo final foi muito positivo! Pra nós, pra ela e pros meus pais que amaram esse tempo só com ela!
    O Relato está todo aqui:
    http://derepentemamae.com.br/2015/05/resumo-da-viagem-sem-a-filhota-arraial-do-caborj/

    Responder
  3. Chamone Vaz 08/08/2015 | 20:26

    Não vão acreditar, mas meu filho tem 12 anos e eu NUNCA viajei sem ele. E tbm nunca deixei de viajar por causa dele. Sempre o levamos para todos os lugares e ele nunca deu trabalho nem qdo muito bebezinho.

    Responder
  4. Daiana 13/10/2015 | 12:29

    Olá Fernanda!
    Ainda não sou mãe, mas estou tentando há uns 3 anos. Se Deus quiser este ano eu consigo.
    Gostei muito do seu blog, cheguei até aqui assistindo ao vídeo da Flavinha Calina.
    Parabéns pela linda família!

    Responder
  5. viviane moraes 14/10/2015 | 15:25

    Sua filha é fofa, vai ser atriz apresentadora .Ê linda sua familia

    Responder
  6. Graziela Souza 18/10/2015 | 01:22

    Olá, eu e meu marido já deixamos alguns finais de semana com os avós, mais nunca viajamos sozinhos sem a Duda minha filha de 2 e 7meses, mas eu já viajei a trabalho e fiquei uma semana inteira fora, confesso que é muito difícil, e as viajens a trabalho se tornaram constantes então decidi abrir mão pela minha família, realmente quando nos tornamos mães muita coisa muda, por mais que viajemos somente com o marido, a cabeça sempre terá uma preocupação e o coração sempre estará apertado.
    Sempre gostamos de viajar muito, com menos de um ano viajamos para o exterior com a Duda e confesso que deu tudo certo, lógico que criança exige alguns cuidados extras mas graças foi bem tranquilo, ficamos 11 dias na Flórida.
    Adoro seu programa fazendo a festa, um abraço.

    Graziela

    Responder
  7. Solange 08/05/2016 | 16:14

    Ola Fernanda , muito show seu blog … estou esperando o tempo de Deus para realizar o sonho de ser Mãe . Enquanto isso estou me informando bastante e confesso que adoro suas postagens . Super beijo e Parabéns pela Linda Família . Sol

    Responder
  8. Cínthia Lima 19/08/2016 | 11:00

    Fernanda,
    Voltei a trabalhar essa semana e no primeiro dia longe do meu bebezinho resolvi ligar para casa pelo facetime, por vídeo, e foi muito ruim também porque ele estendeu os bracinhos e ficava olhando sem entender nada e depois ficou mega choroso e eu também! Foi bem ruim vê-lo e não poder pegar e dar um cheirinho no monenem ehe… Me identifiquei bastante com você neste texto!

    Beijinhos, saúde e alegria para a família!

    Responder
Deixe um comentário