18.09.2015

Tem hora “certa” para ter o segundo filho?

Vida de Mãe

fernanda rodrigues gravida irmao

A segunda gravidez é cheia de regras! Todo mundo diz: “Tem que engravidar logo de novo para os filhos terem idades próximas”, “Se demorar eles não vão ser amigos”, “Os programas vão ser diferentes se adiar muito o segundo filho”…

Eu abstrai esse monte de coisas e pensei: “O meu segundo filho vai ser quando eu quiser, quando acharmos que é o momento! E não quando “dizem” que tem que ser!”

Não tem regra, gente!!! Cada caso é um caso e ter um filho é uma maravilha, independente da distância entre eles.

E assim foi… a Luisa foi crescendo, a vida foi voltando pro lugar, voltei a trabalhar, a me exercitar, resgatei minhas coisas, meus sonhos, minha vida social… E agora, quando ela fez 5 anos eu comecei a achar que estava na hora!

Dá preguiça? Dá! Agora que a vida se ajeitou, ela já está grandinha, mais independente, começar tudo de novo! Dá uma mega preguiça…. Mas, ao mesmo tempo, acho que agora eu vou tirar mais de letra, vou saber equilibrar melhor as coisas e ficar menos paranoica em querer fazer absolutamente tudo! ;-) E o mais importante, a Luisa vai me ajudar também… Além de já estar pedindo muito um irmão (então a vontade também é dela, o que estimula bastante) ela já é grandinha e tenho certeza que vou poder contar com essa ajuda em vários momentos. A nossa parceria – que já é imensa – só vai crescer!!

As pessoas me perguntam: “Será que ela vai ter ciúmes?” Pode ser! Hoje ela reina absoluta na casa, é a nossa princesa com total atenção… Só vamos saber mesmo quando nascer,  mas, por enquanto, o ciúmes ainda não apareceu por aqui. Como a Luisa já tem 5 anos, acho que tem um entendimento muito maior e está vibrando com a chegada do novo membro da família.

O resto vamos saber vivendo, com a experiência dos dias, mas uma coisa nós já sabemos: a nossa família vai crescer e nós estamos transbordando de alegria e amor!

Bjs

Fernanda Rodrigues
Comentários no Facebook
18 Comentários
  1. B. Halpern 18/09/2015 | 09:35

    Lindos! Com certeza a Lu vai ajudar muito acho isso bem importante! Bjos familia!

    Responder
  2. Kelen sousa 18/09/2015 | 09:37

    Aqui em casa está iguak, Julia tem 5 anos e estou grávida de um menino , estou com 5 meses e ela está amando, é super parceira.

    Responder
  3. Angela 18/09/2015 | 10:30

    Pura verdade, as pessoas e principalmente a família ficam fazendo uma pressão para termos nosso segundo filho, mais vou esperar mais, a Alicia ainda vai fazer três anos quero que ela entenda mais as coisas, seja mais independente. Bjus

    Responder
  4. Cintia 18/09/2015 | 10:31

    Estou grávida de 2meses, e tenho uma menina de 8 anos. Ela ta amando a ideia de ter um irmão.

    Responder
  5. Joyce 18/09/2015 | 10:41

    Hoje tenho só o Pedro Henrique,escutei tanto que tinha que ter outro filho longo que quase surtei. No começo do ano engravidei mas infelizmente perdi o BB.Hoje o meu filho está com 05 anos e penso em ter outro filho sim,porém o medo da perda ainda está maior. Quem sabe no próximo mês.Bjs

    Responder
  6. Gláucia 18/09/2015 | 10:59

    Oi Fe. Estou exatamente na mesma situação que vc. Meu filho está com 6 anos e todos falavam que eu tinha que ter engravidado antes. Mas eu tinha certeza que ñ era o momento. Me dediquei 200% ao meu filho. Voltei a trabalhar tem dois anos e agora queminha vida estava redondinha engravidei. Mas estou super feliz e acho que foi o mmomento certo. Ganho segunda dia 21 e estou com o coração a mil e como vc colocou bem. Bate uma preguicinha começar tudo de novo… RS… bjs

    Responder
  7. Alessandra Scano 18/09/2015 | 11:42

    A mais pura verdade!!! Estou vivendo o mesmo que vc, minha Luiza tem 5 anos e estou de 5 meses, ela tb pedia muito um irmão e ontem descobrimos que teremos mais uma princesa “Fernanda”, até agora ela não demonstrou ciúmes mas sei que não posso deixar ela sentir que perdeu seu espaço, quero que ela se sinta parte de tudo isso que estamos vivendo e o mais importante que a família cresceu e que vamos somar amor, carinho e união!! Boa Sorte

    Responder
  8. Priscila Rodrigues 18/09/2015 | 12:10

    Minha experiência em ser mãe pela segunda vez é bem mais emocionante do que nunca porque o meu bebê tem 15 anos, sim meu bebê pq todos os filhos para mães sempre são bebês não importa a idade. Depois de 15 anos começar de novo é tudo muito diferente até a gravidez é outra e as coisas são todas novas e bem diferentes…Mas estou amandando cada minuto e cada segundo… E concordo tudo tem que ser e acontecer quando achamos que é o momento certo e para mim o momento é agora. Tenho 37 anos e um bebê de 15 anos e um outro chegando com muito amor e muita ansiedade… Estou grávida de 3 meses…Um beijo e Boa Sorte para nós…

    Responder
  9. Brenda Cristine 18/09/2015 | 13:17

    Parabéns, Fê e família! É realmente uma escolha muito particular, que bom que foi desejo de todos, a Lu vai amar poder te ajudar, vai ser lindo! Muita saúde e tudo de melhor! Beijos

    Responder
  10. Flavia Nobre 18/09/2015 | 14:24

    Vai ser lindo!!!! E conta pras pessoas que vc está mais gata ainda, cheia de disposição, com a vida que segue sem a gravidez te atrapalhar em nada! Conta!

    Responder
  11. Paola 18/09/2015 | 15:24

    Oi amiga! Bruninha está amando a irmãzinha! Até agora não demonstrou nenhum ciúme e adora me ajudar com a Luisa! Também esperei 5 anos para engravidar novamente e estou achando ótima essa diferença de idade! Durante todos esses anos pude me dedicar integralmente à Bruna e agora que ela está grandinha e já não dá tanto trabalho posso me dedicar mais à Luisa. Assim como a sua Luisa, a Bruninha também queria muito uma irmã e por esse motivo está tão feliz com a sua chegada! Tenho certeza que a sua Luisa também vai amar! Parabéns mais uma vez pelo baby! Beijos

    Responder
  12. Larissa Andrade 18/09/2015 | 17:30

    Também sempre achei que iríamos sentir o momento ideal pra ter o segundo, sem regras e acredito que está quase chegando rsrs. No entanto, pra decidir sobre isso, não foi fácil, pois quando percebíamos, estávamos pensando em vários detalhes, o que acho que fez com que tivéssemos adiado um pouco.
    Por aqui, a Milena também tem pedido com empolgação um irmãozinho (a) e só quando vivenciarmos iremos saber como ela vai lidar de fato. Torço que dê tudo certo! :)
    Aproveitem esse lindo momento e obrigada por compartilhar conosco!!
    beijos,
    Larissa Andrade.

    Responder
  13. Rafaela Costa 19/09/2015 | 15:11

    Concordo que a hora certa é a melhor pra cada mãe. Aqui foi aos cinco também. Me sinto tranquila e preparada pra viver tudo outra vez !

    Responder
  14. Nal Pontes 19/09/2015 | 17:24

    Que linda vc está. Concordo com tudo o que disse, quanto mais proximidade na diferença dos anos entre os irmãos, mais cumplicidades. Bjs

    Responder
  15. katiele 20/09/2015 | 00:37

    Tenho uma filha de 7 anos e estou a 9 meses tentando engravidar acho que minha ansiedade estar atrapalhando

    Responder
  16. Lígia 21/09/2015 | 08:42

    Isso mesmo!!! Passo pelo mesmo dilema!! Gabi com quase 4 anos e me pergunto será que é a hora?? Vou esperar mais um pouco e tenho certeza que um dia nossa família ganhar mais um integrante todos irão curtir!!! Parabéns pelo artigo!!

    Responder
  17. Mara 07/10/2015 | 14:04

    Acabei de ler que vai ser mamãe de um menino! Parabens! Vc vai amar, tanto quanto de menina! Tenho um bebe, Felipe, de 11 meses e estou gravida de 2 meses. A maternidade foi tão maravilhosa pra mim, que logo quis ter outro! :D E concordo com vc, cada um tem seu tempo! E pra mim foi este! Um beijo.

    Responder
  18. Carol 15/01/2016 | 20:35

    Passei por exatamente a mesma coisa e considero que ainda era pior pois nem pensávamos no segundo filho. Rs
    Mas ai a Alice foi crescendo e pedindo um irmãozinho. Pensamos que afinal, não era uma ideia assim tão ruim… Estipulamos um prazo máximo para acontecer e hoje, que ela já está com 5 anos, estou grávida de 8 semanas e ela está nas nuvens.
    Enfim, só nós sabemos a hora certa para nossa família receber mais um integrante.

    Responder
Deixe um comentário