21.08.2015

A rotina do seu bebê na creche

Educação dos Pequenos, Mamães & Papais

A licença maternidade está terminando e você ainda não sabe como vai ser com o seu bebê quando voltar ao trabalho? Esse dilema deixa muitas de nós com o coração partido e preocupadas.

Nem sempre temos estrutura de família por perto – e disponível – para ajudar a cuidar dos pequenos. Por isso, é muito comum logo cedo eles começarem na creche ou escolinha.

Mas o que isso significa? O que nosso bebê vai fazer o dia todo na escolinha? Quais são os cuidados que terão com ele lá?

Para entender melhor sobre a rotina dos pequenos, conversamos com a psicopedagoga Heloisa Erlanger sobre esse desafio para mães e bebês.

Curious Baby Boy Studying Nursery Room

A escolha da creche/escolinha

O momento da escolha da creche é super importante, já até tratamos sobre esse tema no post Creche: Como escolher a melhor para meu filho?

De acordo com Heloisa, os pontos principais que não podemos esquecer de verificar e questionar na hora de visitar o local são:

  • Qual é o projeto pedagógico?
  • Qual é a equipe? Verifique quantas professoras/funcionárias há em cada sala.
  • Como funciona a adaptação, rotina, horários e atividades?
  • Veja como é o pátio e se os ambientes são seguros (tomadas portões, escadas e janelas).
  • Observe a higiene do local (banheiros e cozinha, principalmente) e a luminosidade.
  • Peça para ver o cardápio e pergunte como é preparado o alimento.
  • Confirmar se a creche é associada a Asbrei (Associação Brasileira de Educação Infantil).

Essas são as principais perguntas, mas com certeza têm muitas outras! rsrs

 

Adaptação

O período de adaptação é um momento muito importante, quando os pais e a criança conhecem os profissionais e os espaços da escolinha.

“Costumo dizer que é fundamental que os pais estejam seguros sobre a importância da creche e que realmente desejam que seu filho fique lá! Já é meio caminho andado, pois a criança sente quando a família está convicta e feliz com essa decisão!”, diz Heloisa.

De acordo com a psicopedagoga, o ideal é que no primeiro dia a criança fique com seu responsável por 1 hora e, a partir deste dia, aumenta-se gradativamente o horário da criança com a educadora sem a presença do responsável.

O período de adaptação pode variar de criança para criança. Durante esse período deve ser observada a necessidade de aumentar o tempo de permanência ou não, dependendo da necessidade de cada criança.

Bebês até um ano

rotina dos bebês menores é dentro do berçário I, normalmente com um espaço de lazer, solário e berços.

Eles tomam um solzinho ao ar livre (solário) e contam com várias atividades de estimulação (atividades psicomotoras, músicas, histórias etc), fazem a colação, tomam banho (dependendo do horário na creche), dormem e almoçam/jantam.

A partir de 1 ano

A rotina das crianças a partir de 1 ano é repleta de brincadeiras das mais variadas, colação, atividades pedagógicas que incluem psicomotoras, música, histórias, artes etc.

O almoço costuma ser seguido de um soninho e à tarde acontecem rodinhas de conversas, brincadeiras no pátio, lanche, e mais atividades pedagógicas lúdicas com música, histórias, atividades psicomotoras, expressão artística, projetos especiais etc. Sempre compatível com a faixa etária do grupo.

Para terminar o dia, banho e jantar.

Comentários no Facebook
3 Comentários
  1. Aline Saar 21/08/2015 | 20:26

    Meu bebê tem só um mês e meio e já estou pensando – sofrendo, com a creche! Coração já fica apertado …

    Responder
  2. […] legais sobre o assunto “Creche: como escolher a melhor para meu filho“ e “A rotina do seu bebê na creche“. Quem não leu vale a pena […]

    Responder
  3. Fernanda Quevedo 29/03/2017 | 15:40

    Gentem… pelamordedeus… só de pensar na minha pequena na creche já pára o coração de bater… Por que eu penso “mas se ela nao quiser dormir depois do almoço? vao fazer o que com ela???” e “se colocarem uma musica muito alta que incomode ela???”
    Daí eu penso que não estarei lá para ajuda-la.
    Morrendo aqui… hehehe

    Responder
Deixe um comentário