03.05.2014

A Vida do Bebê – Segundo Mês

Bebês, Cuidados Diários

bebe_2meses

Lembram que falamos em um outro post aqui do blog sobre o desenvolvimento do primeiro mês do bebê, com base no livro “A Vida do Bebê”, do De Lamare? Hoje vamos ver as características mais comuns no segundo mês de vida e como é possível estimular o desenvolvimento dos bebês nessa etapa.

Aos 2 meses, o bebê já é mais ativo, observa muito, começa a sorrir e interagir. São novas conquistas a cada dia! Vejam as principais mudanças:

SEGUNDO MÊS DO BEBÊ

Evolução motora: Mantém a cabeça constantemente para trás. Se for colocado de bruços, levanta o queixo por alguns momentos.

Comportamento emocional: Já é possível perceber os primeiros sinais de satisfação, excitamento, alegria ou angústia através da sua expressão. Fica movimentando as pernas como se estivesse pedalando e se contorcendo todo para mostrar alegria.

Progresso na linguagem: Alguns sons começam a ser emitidos: ah…he…hu

Comportamento pessoal e social: Começa a ameaçar discreta reação física.

Desenvolvimento da inteligência: Algumas sinalizações são positivas, entre elas:

  • Virar a cabeça ao escutar um ruído – Fique fora do alcance da vista do bebê e faça um ruído. Será suficiente para que ele logo vire a cabeça.
  • Fita os olhos na luz – Entre 1 e 4 meses o bebê descobre a luz e fica fascinado pelas cores fortes como vermelho e amarelo. Ao colocar uma lanterna a meio metro de distância do bebê ele fixa os olhos na mesma por longo tempo.
  • Acompanha objetos que se movem – O bebê segue objetos entre 15 cm e 20 cm de distância, experimente aproximar e afastar do bebê um objeto.
  • Tranquiliza-se ao escutar voz suave – Se o bebê estiver chorando por mau humor, a suavidade da voz pode ser um instrumento poderoso.
  • Esboço de reação física – O bebê ainda não conseguirá se livrar caso uma fralda seja colocada em seu rosto, mas já fará movimentos incompletos com essa finalidade.

 

Curta muito todas as fases e a evolução do seu filho, porque o tempo passa muito rápido! Lembrando sempre que cada bebê é diferente um do outro e tem o seu próprio ritmo de desenvolvimento né… Se você sentir alguma insegurança quanto à evolução do seu filho, consulte o pediatra.

Comentários no Facebook
0 Comentários
Deixe um comentário